Raposa na TV

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Internacional 2 x 0 Cruzeiro - Narração: Pedro Ernesto Denardim, Rádio Gaúcha



Vitória amarga: Vitinho faz 2 e Inter vence Cruzeiro, mas fica fora do G-4

Colorado faz 2 a 0 na Raposa, mas não conseguiu a classificação à Libertadores de 2016 porque o São Paulo superou o Goiás por 1 a 0 no Serra Dourada.

A energia positiva criada com os eventos para homenagear os 40 anos do primeiro título do Brasileirão ajudou parcialmente. No Beira-Rio, o Inter fez a sua parte e conseguiu superar o time reserva do Cruzeiro por 2 a 0 na tarde deste domingo em jogo válido pela última rodada do Brasileirão, que também marcou a despedida de Mano Menezes do clube mineiro. No entanto, o resultado não serviu para levar a equipe de Argel à Libertadores porque o São Paulo conseguiu vencer por 1 a 0 o Goiás no Serra Dourada e confirmou sua vaga no G-4. 

Os gols da partida, como de hábito, foram de Vitinho. Aos 25 minutos do primeiro tempo, Ernando cruzou da esquerda. Rodrigo Dourado trombou com a defesa da Raposa e a bola sobrou para o atacante que, da entrada da área, chutou de primeira, no canto direito de Rafael, que se atirou, mas não conseguiu evitar. Na etapa final, aos 26, o atacante recebeu assistência de Lisandro López e só precisou completar, deixando os gaúchos, enfim, com saldo de gols positivo no Brasileirão.

Com o resultado, o Inter terminou em quinto no Brasileirão com 60 pontos, dois atrás do São Paulo, que fechou o G-4. O Cruzeiro ficou em oitavo com 55.

Protesto e gol de Vitinho

Tão logo André Luiz de Freitas Castro autorizou o início da partida, os jogadores das duas equipes realizaram um protesto. Orquestrado pelo movimento Bom Senso FC, tanto colorados quanto cruzeirenses permaneceram alguns segundos com os braços cruzados, como forma de pedir a renúncia do presidente da CBF Marco Polo Del Nero. Já com o jogo em andamento, os dois times se atiraram ao ataque. No primeiro lance da partida, William avançou pela direita e cruzou. 

Douglas Grolli, de maneira atabalhoada, conseguiu mandar para escanteio. O lance não abateu o Cruzeiro. Os visitantes aproveitaram o passe errado de Alex e arrancaram em velocidade. Marcos Vinicius acionou Willian, que tocou para Arrascaeta obrigar Alisson a fazer grande defesa.

A intensidade do confronto apareceu também no tumulto. Aos 14 minutos, Alex e Willian Farias dividiram uma jogada com ambos deixando o braço. A rispidez não diminuiu nem com o comandado de Mano Menezes no chão, que ainda foi vítima de alguns chutes do meia. Castro chegou e acabou com o tumulto. O Inter não deixou o clima quente tirar o foco. Aos 25, Vitinho, sempre ele, abriu o placar. O atacante aproveitou cruzamento de Ernando e chutou cruzado no canto direito, sem chances para Rafael. Vitinho ainda deu passe milimétrico para Alex ampliar 13 minutos depois, mas o canhoto, que se atirou, não conseguiu alcançar a bola.

Vitinho amplia, mas a vaga não vem

A segunda etapa começou bem mais devagar do que o primeiro tempo. As equipes optaram em trocar passes, sem levar perigo aos gols de Alisson e Rafael. Aos poucos, o Inter começou a se soltar. Primeiro, Alex cruzou para Paulão, que teve duas oportunidades, mas se atrapalhou com a bola. Depois, Lisandro aparou lançamento de William e mandou para fora. Os lances empurraram os mandantes ao campo de ataque. Aos 16 minutos, em uma falha do sistema defensivo da Raposa, veio o segundo gol. Douglas Grolli cabeceou para trás. Esperto, Lisandro López carregou a bola e, na saída de Rafael, tocou para Vitinho, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. 

O atacante ainda teve a oportunidade de fazer o terceiro. Em mais um descuido de Grolli, ficou cara a cara com Rafael, mas arrematou para fora. O lance explodiu o Beira-Rio. A torcida cantava forte nas arquibancadas, como se tentasse passar energia positiva até o Serra Dourada. Aos 35, o último lance de gol. Anderson cruzou da esquerda, a bola desviou e sobrou para Rodrigo Dourado, que chutou para fora. Não fazia diferença. O que importava estava em Goiás. E a cabeça dos colorados também estava lá. Sem sentir ameaça dos comandados de Mano Menezes, os gaúchos trocavam passes e aguardavam a informação de que o Esmeraldino vencia o São Paulo. Algo que não ocorreu. Apesar do triunfo por 2 a 0, o Inter se despede do Brasileirão como o Cruzeiro: fora da Libertadores.

sábado, 18 de abril de 2015

Petrobras obtém financiamento de R$ 9,5 bilhões com BB, Caixa e Bradesco

O presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini, afirmou que a construtora Norberto Odebrecht controlou a divisão das obras do principal projeto da Petrobras: o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). 

Em delação premiada, Avancini disse a construtora “capitaneava” a organização do cartel, conhecido como “Clube das Empreiteiras”, impondo o recebendo “os maiores volumes de contratos”.
Presidente da Camargo Corrêa diz que Odebrecht ‘capitaneava’ o cartel da Petrobras - Jornal O Globo


terça-feira, 7 de abril de 2015

Brasil 1 x 7 Alemanha: A explicação definitiva e um culpado, o Governador de Goiás http://youtu.be/ssaNLgYufdw

A Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico completou em 2014, 50 anos de existência e apesar de ser uma marca expressiva o logradouro publico teve pouquíssimos motivos para comemorar a data. Celeiro de craques da várzea no passado, a Praça de Esportes também era o palco preferido de atletas profissionais, e isso inclui outras modalidades olímpicas e não só o futebol. 


Gramado perfeito, espaço amplo e aconchegante; a Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico acomodava em suas instalações equipes do futebol profissional de Goiás que inúmeras vezes utilizaram dos campos do Setor Pedro Ludovico para se aperfeiçoar a qualidade de seus jogadores. Isso lá pelos idos dos anos 1980 até meados da década de 1990. 


A Praça de esportes do Setor Pedro Ludovico ajudou a “criar” pessoas de bem, não só do bairro, mas de toda a grande Goiânia que naquela época nem era tão grande assim. Natação, basquetebol, voleibol, atletismo e futebol eram as modalidades oferecidas as crianças que aprendiam o significado de uma vitória, ao mesmo tempo em que aprendiam a respeitar uma derrota, a Praça de Esportes aliada a políticas publicas foi fundamental para formação de caráter de uma geração inteira no setor Pedro Ludovico e região. 


O local, este que poderia estar ajudando a manter jovens ocupados durante o dia, esta completamente abandonada, entregue a própria sorte nos últimos 16 anos, o descaso vem sendo contínuo e sempre que se aproxima uma eleição, o governo e seus aliados põe o bloco na rua, prometem uma ampla reforma e chegam a garantir que após a revitalização do local, políticas publicas serão postas em prática para que a comunidade possa usufruir do espaço.
Tudo não passa de promessa eleitoral, a população se deixa enganar na esperança que os insensíveis que comandam os destinos do estado, enfim tire do papel algo de bom e devolvam ao setor Pedro Ludovico o seu maior patrimônio. A Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico. 


Em Junho de 2014 o Governador Marconi Perillo autorizou o início de uma reforma na Praça de Esportes, a obra foi orçada em mais de R$ 2 milhões e tinha como prazo para entrega aos moradores de 90 dias. Foi uma festa só e não demorou para aparecer candidatos a pai da criança, o então Vereador Virmondes Cruvinel Filho mandou fazer panfletos e pôs carros de som nas ruas para anunciar que o mimo a comunidade tinha sido um pedido dele, mas outra dezena de políticos, de olho no quinhão de votos que a benfeitoria poderia trazer, logo se apressaram para fazer faixas e discursos enaltecendo o Governador, claro que sem deixar de mencionar que eles é que eram os progenitores da linda criança. 


O Governador vinha em baixa em seus índices de aprovação e estava longe de ser o preferido do eleitorado da região, mas iniciar a reforma no bem público mais precioso da região sul foi capaz de mudar essa história de novo. Digo de novo porque desde 2001 tem sido rotina iniciar obras de reforma na Praça de Esportes, sempre em vésperas de eleições há uma promessa neste sentido. 


Em 2006 após a demolição do Estádio Olímpico, os postes de iluminação do estádio foram levados e instalados em volta do campo da Praça de Esportes do Setor Pedro Ludovico, a promessa era de que os moradores teriam o local iluminado para prática noturna de esportes.
Além do então candidato a Governador Alcides Rodrigues, quem mais tirou proveito da promessa foi o também candidato a reeleição para Deputado Estadual Misael de Oliveira que "plantou" os portes ali e até hoje deve estar esperando os mesmos darem frutos em forma de lâmpadas.
 


Pois bem a reforma iniciada em Junho e que era para durar 3 meses, já esta se estendendo por 8 meses e sabe se lá se ela vai chegar ao seu final. Aquela criança linda que todo mundo queria embalar, acabou ficando feia e mal criada, quem queria ser o dono do pedido ao Governador, sumiu.

No momento esta tudo completamente parado por lá e a informação obtida junto aos funcionários do local é que acabou o dinheiro e não tem como continuar. 

 As pessoas com necessidades especiais, idosas e com problemas de saúde tinham aulas de hidroginástica nas piscinas da Praça e agora não tem mais. 

As crianças perderam o espaço para a iniciação esportiva. 

Os jovens que não tem mais onde praticar seu esporte favorito, acabam perambulando pelas ruas do bairro por simplesmente não ter o que fazer. 


Ao invés do Governador Marconi Perillo e seus aliados prometerem construção de depósito de gente (CREDEQ), deveriam eram revitalizar logradouros públicos como a Praça de Esportes para dar ocupação aos jovens, usar o esporte como instrumento para educar e formar cidadãos.
Em 2010 na quadra da Escola de Samba Brasil Mulato, o então Senador e candidato a Governador Marconi Perillo fez promessa de recuperar a Praça de Esportes mais uma vez, ganhou as eleições e nunca mais apareceu no bairro. 


Alguém desavisado pode até imaginar que o povo do Setor Pedro Ludovico é bobo. E talvez seja mesmo, mas são pessoas de boa fé, que acreditam na palavra de quem promete que vai fazer, acreditam porque todos gostariam de ver o local bonito servido de novo a população, ajudando na formação educacional das crianças e auxiliando no tratamento natural das enfermidades que atormentam os mais velhos.

Assuntos de Goiás | Questão Brasil



Assuntos de Goiás | Questão BrasilAssuntos de Goiás | Questão Brasil

domingo, 22 de março de 2015

Ferj ataca Flu usando citação bíblica e palavras difíceis

Não entendeu? Explicamos. 

No vocabulário popular, o presidente da Ferj quis dizer que as críticas são infundadas, vindas de alguém com sinais de loucura, causando, inclusive, vontade de vomitar nas pessoas que ouviram. 

Além disso, a nota também dá a entender que o Fluminense é o grande responsável pelas diversas discórdias que estão acontecendo no futebol carioca.

Confira na íntegra a nota da Ferj:

"Seis coisas o Senhor aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos" (Pv 6.16-19).

O Presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, em seu nome, em nome da Federação e em nome de todos os filiados que tem sido atingidos pelas aleivosias do Presidente do Fluminense, vem a público manifestar seu repudio à suas declarações eivadas de catatimia, demonstrativas de elevado apreço à mitomania, revestidas de relevante turpitude, indutoras ao uso de anti-eméticos, carregadas de sementes de discórdia, ofensivas a todos os coirmãos e fomentadoras da desagregação.

A falta de conteúdo pode justificar a falta de coragem e a permanente ausência, mas não podemos acreditar que sejam causadoras de manifestas crises de alucinação moral.

Por fim não mais convidaremos o Presidente do Fluminense para um debate sobre o futebol do Estado do Rio de Janeiro, mas o desafiamos para que abandone as sombras e os porões, deixe de lado os espetáculos de pirotecnia, saia do escudo da mídia e compareça perante os demais filiados para que apresente e defenda seu ponto de vista, projetos, prove e justifique suas críticas, já que NUNCA teve a coragem de fazê-lo, durante todo o tempo de seu mandato. 
Jornal do Brasil - Esportes - Ferj ataca Flu usando citação bíblica e palavras difíceis

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Tá explicado porque querem tirar o Whatsapp do ar: Líder de caminhoneiros diz que mobiliza protesto pelo Whatsapp

Ivar Schmidt diz ser responsável por pelo menos 100 pontos de bloqueio de caminhoneiros nas rodovias do país. 

O líder do recém-criado Comando Nacional dos Transportes, que não é vinculado a nenhum sindicato ou confederação de trabalhadores, atribui o sucesso de sua mobilização ao Whatsapp. 

É por meio desse aplicativo de troca de mensagens que ele se comunica com os líderes de cada ponto de bloqueio e passa orientações.

Durante a entrevista que deu ao Portal G1, Schmidt atendeu a uma ligação de um dos caminhoneiros e recomendou que não entrasse em atrito com a polícia.
Economia - Líder de caminhoneiros diz que mobiliza protesto pelo Whatsapp


domingo, 22 de fevereiro de 2015

Lista do Cruzeiro para Copa Libertadores é divulgada e Julio Baptista esta fora

Estão definidos os 30 atletas que vão defender o Cruzeiro na primeira fase da Copa Libertadores.  Na noite da última sexta-feira (20), o clube divulgou a lista, que não conta com o meia-atacante Júlio Baptista, que corre o risco de passar por cirurgia no joelho. O atacante Neilton também não foi inscrito.

Além deles, não foram inscritos o goleiro Alan, o zagueiro Alex, os volantes Bruno Edgar e Tinga, o lateral-esquerdo Breno Lopes e o meia Marcos Vinícius. O uruguaio De Arrascaeta herdará a camisa 10. O número 26, que era utilizado por Dedé, ficou com o zagueiro Paulo André.

O técnico Marcelo Oliveira optou por inscrever três laterais-direitos e três laterais-esquerdos. A lista consta ainda com cinco zagueiros, seis volantes, três meias e sete atacantes.

O Cruzeiro estreia na Copa Libertadores na próxima quarta-feira, diante do Universitario Sucre, na Bolívia. O grupo 3 tem ainda Huracán, da Argentina, e Mineros, da Venezuela. Conforme previsto no regulamento da Libertadores, poderão ser feitas três mudanças na lista de inscritos para a disputa da fase de oitavas de final e outras cinco alterações para a fase semifinal.

Lista oficial:
Goleiros: Fábio, Rafael e Elisson
Zagueiros: Léo, Bruno Rodrigo, Grolli, Paulo André e Manoel
Laterais: Ceará, Gilson, Mena, Mayke, Fabiano e Pará
Meio-campistas: Willians, Henrique, Arrascaeta, Alisson, Eurico, Willian Farias, Felipe Seymour, Gabriel Xavier e Charles
Atacantes: Joel, Leandro Damião, Judivan, Henrique Dourado, Riascos, Willian e Marquinhos
Sem Júlio Baptista, Cruzeiro divulga lista de jogadores para a Copa Libertadores - Jornal da Manhã


Sem correr riscos, Cruzeiro goleia Boa Esporte por a 3 a 0 e Damião sorri de novo

Neste sábado, o Cruzeiro recebeu o Boa Esporte no Mineirão, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. 



Enquanto que a Raposa buscava melhorar o entrosamento de seus jogadores e alcançar a liderança provisória da competição, o Boa esperava surpreender, conquistar os três pontos na casa do adversário e, consequentemente, subir para a quinta colocação da tabela, aproximando-se do G4.


Em jogo tranquilo, Cruzeiro goleia Boa Esporte por a 3 a 0 - Mineiro - Módulo I - FutNet
Loading...

Seguidores