Raposa na TV

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Corinthians vence fácil o Táchira 6x0 Fiel confia na conquista da Libertadores @Reinaldo_Cruz @QB_7

Ponte Preta 2x1 Atlético @Reinaldo_Cruz @Assuntosdegoias @Dribles_ @QB_7 @BrasliaDF @Atletico_CG

O técnico Adilson Batista conheceu o dissabor de sua primeira derrota no comando do Atlético

A Ponte Preta superou o Atlético-GO nos pênaltis (4 a 3), em Campinas, e será a adversária do São Paulo nas oitavas de final da Copa do Brasil. O time campineiro venceu o rival goiano por 2 a 1 no tempo normal, após perder pelo mesmo placar na ida em Goiás.

Os gols da Ponte foram marcados por Uendel e Renato Cajá, enquanto Marcão descontou para os visitantes. Nas penalidades, Guilherme, Uendel, Roger e William Magrão converteram suas cobranças. Renato Cajá e João Paulo desperdiçaram. O goleiro Márcio, Elias e Ernandes acertaram seus penais. Bida, Fernando Bob e Marcão erraram para os goianos.

O meia Bida que vinha tendo uma ótima sequência, desta vez não foi tão bem e ainda perdeu um penalti.

Debilitado, Cachoeira teve de receber soro na Papuda @Reinaldo_Cruz @Dribles_ @Assuntosdegoias @Qb_7

Governador do Distrito Federal Agnelo Queirós
Os funcionários da Câmara e do Senado devem se concentrar nesta quarta-feira (18) na conferência de assinaturas para confirmar o apoio dos parlamentares para a criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que irá investigar as relações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com políticos, autoridades e empresários.
A verificação antecede a leitura do pedido de criação, que autoriza a formação da CPI, um contingente altissímo foi registrado para a criação da comissão no Congresso.
Em Goiás a Assembleia Legislativa também terá a sua CPI e a até a Câmara Municipal de Goiânia manifesta interesse em instalar uma CEI para investigar alguma coisa que por ventura esteja errada.
O Jornal Nacional teve acesso a mais gravações que mostram a possível influência de Carlinhos Cachoeira -- por meio do ex-vereador do PSDB Wladimir Garcez -- na nomeação de funcionários públicos para o governo de Goiás, comandado por Marconi Perillo (PSDB). O bicheiro foi preso em fevereiro pela Polícia Federal, acusado de chefiar uma quadrilha de jogos ilegais no estado.
Nesta segunda (16), Perillo esteve no Ministério da Fazenda, em Brasília. Ele evitou a imprensa e não atendeu aos pedidos de entrevista. Segundo a assessoria, o governador não teve encontro oficial com Wladimir Garcez em abril do ano passado. O governador não se pronunciou sobre as supostas nomeações. E o advogado de Garcez não foi localizado para comentar o caso.
A conversa foi gravada foi gravada pela PF em 11 de março do ano passado. Carlinhos Cachoeira fala com Garcez, considerado braço direito no esquema do bicheiro. Garcez, que está preso, diz que o governador Marconi Perillo autorizou contratações de pessoas selecionadas por Cachoeira.
 



Fonte G1/Goiás










___________|____________|______________|_____________|________| 

Carlinhos #Cachoeira já esta na Papuda em Brasília 

Senador Demóstenes Torres vai se explicar
O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), subordinado ao Minstério da Justiça, informou nesta quarta-feira (18) que o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, está desde as 8h30 no presídio da Papuda, em Brasília. Cachoeira foi transferido do presídio de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.
Conforme o Depen, Cachoeira chegou a Brasília em um voo proveniente de Fortaleza e depois foi encaminhado para a Papuda em um carro da Polícia Federal. Informações iniciais davam conta de que o contraventor chegaria em Brasília por volta das 10h, mas o horário teria sido divulgado para despistar a imprensa.
Cachoeira foi preso em 29 de fevereiro pela PF na Operação Monte Carlo, acusado de comandar uma quadrilha que explorava o jogo ilegal. Ele foi transferido dias depois para Mossoró. 

 Fonte: Globonews





____________|__________|__________|__________|_______|_________ 
Venda de Rondinelly é motivo de racha no Vila Nova 
 Uma reunião em um hotel aconteceu entre o empresário, Rondinelly e o presidente do Vila Nova, Eduardo Barbosa, que nega que isto esteja ocorrenso.
Desconfiados de que o encontro seria para selar a venda da joia colorada, quatro membros do Conselho Deliberativo, entre eles o presidente da casa, Paulo Diniz, foram ao hotel onde acontecia a reunião e pressionaram o presidente Eduardo Barbosa.
O dirigente máximo do Vila Nova não negou a existência da reunião e deu sua versão para o encontro.
O presidente Eduardo Barbosa já admitiu que segurar Rondinelly no clube para a Série C do Campeonato Brasileiro é muito difícil. No entanto, uma reunião em um hotel de Goiânia na noite da última segunda-feira gerou mal estar junto ao Conselho Deliberativo. Márcio Mello esteve em Goiânia, onde também gerencia as carreiras de vários jogadores do Atlético-GO.





_______|_______________________|_____________________|_________ 
Internacional será agressivo contra Juan Aurich 
Se o gramado sintético do Estádio Elias Aguirre será um obstáculo a mais para o Inter diante do Juan Aurich, por conta da dureza do piso e da falta de hábito em atuar neste tipo de campo, o time gaúcho tenta esquecer esta barreira e pensar apenas no adversário peruano. E, de preferência, sem mudar o estilo de jogo.
Com a necessidade de vitória para não depender do Santos diante do The Strongest, o Colorado pretende atuar como se estivesse no Beira-Rio. D'Alessandro comentou sobre a maneira de trazer a classificação às oitavas de final do Peru.





________|________|_____________|__________|______|__________| 
 O Classificado Timão quer liderança contra o Táchira 
Apesar de estar classificado para as oitavas de final da Taça Libertadores, o treinador quer seriedade diante do lanterna do grupo. O alvo agora é o primeiro lugar geral entre os 32 participantes, condição que daria ao Timão o direito de decidir em casa todos os confrontos do mata-mata.
Com a vitória por 3 a 1 sobre o Nacional-PAR, semana passada, em Ciudad del Este, o Corinthians assumiu a liderança do Grupo 6, com 11 pontos, e garantiu a classificação com uma rodada de antecedência. De quebra, ainda se manteve invicto e abriu três pontos de vantagem para o segundo colocado, o Cruz Azul-MEX.




 

__________________________|||||||||||__________________________ 
Debilitado, Cachoeira teve de receber soro na Papuda 
Carlos Augusto Almeida Ramos, vulgo Cachoeira
A advogada Dora Guimarães, que trabalha na defesa de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, disse que o cliente teve de tomar soro na veia nesta quarta (18) porque estava muito enfraquecido.
Por determinação da Justiça, o bicheiro foi transferido nesta quarta pela Polícia Federal do presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN) para o complexo penitenciário da Papuda, em Brasília. Segundo a advogada, Cachoeira está abatido por conta da morte da mãe, na última segunda.
O Jornal Hoje informou que, na Papuda, complexo prisional do governo do Distrito Federal, o bicheiro está numa cela coletiva, em uma ala administrada pela Polícia Federal.
A advogada afirmou que, no final da tarde desta quarta, terá um encontro com Cachoeira na prisão.




Integrantes da Conselho de Ética do Senado se reuniram nesta terça-feira (17) com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski para adiantar o pedido de acesso ao inquérito contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). Ele é suspeito de ter ligações com o bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, suspeito de chefiar uma quadrilha de jogo ilegal.

Conversas telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, com autorização da Justiça, indicam que o senador teria usado o mandato para beneficiar o bicheiro. As suspeitas levaram à abertura de processo no Conselho de Ética do Senado para apurar se houve quebra de decoro parlamentar por parte do senador goiano.

Segundo relator do processo no Conselho, Humberto Costa (PT-PE),o pedido de acesso deve ser protocolado nos próximos dias. Ele e o presidente do Conselho, Antonio Valadares (PSB-SE) argumentaram que houve casos semelhantes em que ministros do STF liberaram partes do inquérito para a investigação no Senado.
Loading...

Seguidores